sexta-feira, 8 de maio de 2015

Dilatação do Fies- Passo a passo

Regulamentada pela Portaria 16 de 04/09/2012, a Dilatação do prazo de utilização consiste na prorrogação do Fies por até 2(dois semestres) consecutivos após o prazo regular do curso, caso o estudante não consiga concluir o curso dentro do prazo regular.
Siga o passo a passo

O primeiro passo é entrar no site Sisfies:  http://sisfiesportal.mec.gov.br/,  no módulo de Aditamento, conforme abaixo:







Aparecerá então a tela abaixo onde terá de colocar  seu CPF, a sua senha , e o código de verificação, conforme as setas vermelhas. Caso tenha esquecido a senha , clique em  "Esqueci minha senha " e a senha  irá para o email cadastrado na inscrição.



















Aparecerá  a tela com a seguinte mensagem : (M285) Prazo de utilização do financiamento encontra-se encerrado.(conforme seta azul).
Na aba Renovação aparecerá a mensagem: Nenhum aditamento disponível( conforme setas vermelhas)

Clique então na aba Dilatação( conforme seta vermelha) , verá ,também de acordo com a seta vermelha, que  a dilatação está disponível e qual o período em que pode ser feita( prazo inicial e final) Clique então em Referência no semestre e ano, no caso 1º/2015( em azul)




























O sistema então lhe direcionará para a tela abaixo. Nesta tela você terá algumas informações sobre a dilatação(conforme seta azul). De acordo com a seta vermelha estará marcada a quantidade de semestres da dilatação(que sempre será  1).
Clique em Gravar e prosseguir( conforme seta preta).
Na tela seguinte aparecerão os Termos  da dilatação ( seta preta) e o prazo para a CPSA validar a sua dilatação( seta vermelha) . Clique em Concluir( seta azul) 
Aparecerá uma caixa ,com a mensagem que será enviado um SMS para o telefone celular que estiver cadastrado.
Atenção: muitas  vezes  acontecem problemas nesse envio. Veja Aqui  o que fazer nesse caso.
Recebido o código, insira dentro do retângulo( seta vermelha)e aperte em Confirmar.
Atenção o código possui letras maiúsculas, minúsculas e números
Ao ser inserido com sucesso aparecerá a tela final do sistema, com o aviso: (924) Solicitação de aditamento de Dilatação concluída com sucesso.
Clique em Aqui( seta vermelha) para ir para a tela de impressão do comprovante.
Você será direcionado para a tela de impressão. Imprima e leve até à CPSA da sua faculdade.
Atenção: O processo é feito online, ou seja, mesmo não imprimindo você pode entrar em contato com a CPSA para que eles façam a validação.








terça-feira, 21 de abril de 2015

A senha do Fies não chegou no meu celular. O que fazer?

O sistema do Fies agora está pedindo a confirmação dos dados e enviando a senha , através de SMS para o celular cadastrado.Mas muitas vezes a senha não chega no celular. O que fazer neste caso?

Pelo relato de diversos estudantes o que pode ser feito é o seguinte:
1) Mudar o número do celular e pedir a reemissão da senha.
2) Caso o celular tenha antivírus ou acelerador, desativá-lo e então solicitar a reemissão da senha.
3) Desative a internet do celular.
4) Coloque o chip  em um celular mais simples, sem Android.


Muitas vezes apenas um desses procedimentos já resolve o problema.

*Devido a uma maior interatividade, as dúvidas  estão sendo esclarecidas  no grupo " Tudo sobre Fies" no Facebook: https://www.facebook.com/groups/503103603077760/
Ou no Twitter: https://twitter.com/FLAVIOCOLARES1
Para fazer o download gratuito das músicas deste blog e curtir minha página, entre no endereço abaixo:
https://www.facebook.com/pages/Flávio-Colares/363430400342476

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Dúvidas mais Frequentes do Fies

 Inscrição:
1) Estudante com restrição cadastral pode contratar o Fies?
Sim. Não há exigência de idoneidade cadastral para os estudantes do Fies, tanto na contratação quanto nos aditamentos.

2)  O Fies  atualmente não exige  fiador?
Em termos...
O Fies só não exige fiador  nos seguintes casos:
-Beneficiários do ProUni com bolsa parcial de 50%.
-Estudantes de cursos de Licenciatura.
-Para os demais estudantes, somente os que tenham renda per capita (renda total da família dividida pela quantidade de integrantes do grupo familiar) de até um salário mínimo e meio.
Observação: Essa regra só se aplica para novos contratos. Contratos já assinados não podem  mudar o  tipo de garantia.

3) Eu sou fiador de um estudante, eu posso me inscrever no Fies?
Não. O estudante não pode ser beneficiário e ao mesmo tempo fiador de um contrato ativo.
Restam duas alternativas:
1) Pagamento antecipado de toda a dívida no contrato em que é fiador.
2) Substituição do Fiador; neste caso a substituição fica sujeita a aprovação por parte do Agente financeiro .

4) Sou proprietário de uma empresa, posso contratar o Fies?
Sim. Não há nenhum empecilho para a assinatura em função disso.


5) Já fiz um curso utilizando o Fies e paguei toda a dívida, posso fazer outro?
Não. No momento o MEC não permite que um mesmo estudante seja beneficiário por mais de uma vez do FIES.

6) Fiz um curso financiado pelo antigo PCE/Creduc, posso fazer o Fies?
Sim. Desde que tenha liquidado o contrato ou esteja em dia com os pagamentos.

7) Tenho bolsa de 50% do Prouni, tenho direito ao Fies?
Sim. O bolsista Prouni  tem direito ao Fies mesmo que não exista limite financeiro na sua IES, desde que a IES tenha aderido ao FIES.

8) Sou estudante de licenciatura e o limite financeiro da minha IES está esgotado, posso fazer o FIES?
Sim. Assim como o Bolsista parcial do Prouni, o estudante dos cursos de licenciatura tem direito ao Fies mesmo que não exista limite financeiro solicitado pela IES.

9) Meu pai e minha mãe fazem parte do meu grupo familiar, eles podem ser meus fiadores no Fies?
Sim. Não há nenhum impedimento  a qualquer membro do grupo familiar, à exceção do cônjuge do estudante.

Mais Informações sobre a inscrição do Fies? Entre Aqui

Contratação

1) Foi escolhida como garantia a Fiança solidária, ela pode ser trocada por Fiança convencional?
Sim. É permitida a troca de Fiança solidária para convencional  e vice –versa , tanto na CPSA quanto no banco.
Atenção: A troca para Fundo Garantidor só poderá ser feita na CPSA, antes da emissão do DRI.

2) O Estudante optou por Fiança solidária, ele pode ter nome sujo?
Não. Caso o estudante opte por Fiança solidária, ele também é fiador, em função disso o estudante não pode ter restrição cadastral.

3) Foi entregue a documentação na IES(Instituição de Ensino Superior), é necessário levar outra documentação para o agente financeiro?
Sim. A documentação entregue para a IES diz respeito ao processo de Inscrição e fica arquivada na faculdade. É necessário levar nova documentação e cópias para o agente financeiro, de acordo com a opção de garantia.
o link
4) Pode ser feita a contratação após o prazo final do DRI?
Não. Este prazo é definido no momento em que é gerado o DRI e não pode ser prorrogado pelo agente financeiro nem pela IES.

5) O contrato pode pode ser assinado por procuração?
Sim. Estudante, fiador e cônjuge do fiador  e responsável legal podem nomear procurador por instrumento público (Procuração Pública) Não é aceita procuração particular.

6) O estudante menor de idade pode assinar o contrato Fies?
Sim. O estudante menor de idade pode assinar o contrato, mas com a anuência do responsável legal  ( pai ou mãe, ou quem detém a tutela legal do menor).
O responsável  legal tem de comparecer ao agente financeiro, juntamente com o estudante, para assinar o contrato

7) Posso mudar de curso após a contratação do Fies?
Sim. Uma única vez e no máximo 18 meses após o início do semestre da contratação, ou seja, três semestres de efetiva utilização do Fies. Observação: para o Fies o 1º semestre se inicia em  1º de Janeiro e o segundo em  1º de Julho.

8) Caso eu perca o prazo para fazer a contratação que consta na DRI( Documento de Regularidade de Inscrição) poderei fazer uma nova inscrição para o Fies?
Sim. Mas desde que a sua faculdade ainda tenha limite financeiro.

9) Tenho direito a desconto na minha mensalidade, perderei o desconto caso faça o Fies?
Não. O MEC proíbe a discriminação dos alunos beneficiários no Fies, assim como os beneficiários do ProUni, de acordo com a Portaria 87 de 03/04/2012.

Mais informações sobre a contratação? Entre  Aqui

Aditamento 
1) Se eu deixar de aditar um semestre eu perco o Fies?
Não. O estudante pode ficar com o Fies suspenso por até 2 semestres consecutivos. Caso a CPSA (Comissão Permanente de Seleção e Acompanhamento) autorize, pode ser prorrogado por uma terceira vez, desde que consecutivo aos dois primeiros.

2) Eu fiz a suspensão por 1(um) semestre e aditei no semestre seguinte, posso fazer a suspensão novamente por mais um semestre posteriormente?
Não. A suspensão só pode ser feita por até 2 (dois) semestres consecutivos.

3) Posso trocar de fiador  no aditamento?
Sim. Quantas vezes forem necessárias. Porém ficará a critério do agente financeiro a análise do cadastro  do novo fiador. Lembre-se que o fiador não pode ter restrição cadastral. O fiador deverá possuir renda de duas vezes o valor da mensalidade COM desconto, levando em conta o percentual financiado. Se financiar 75% por exemplo, isso será levado em conta. Caso precise, pode adicionar mais um fiador para complementar a renda.

4) Posso alterar o percentual do meu financiamento no aditamento?
Sim. Porém o percentual só pode ser diminuído, nunca aumentado.

5) Meu fiador se casou, preciso comunicar ao agente financeiro?
Sim. No aditamento posterior ao casamento deverá ser feita a alteração. O cônjuge do fiador obrigatoriamente terá de assinar o aditivo. Caso o cônjuge se recuse a assinar você terá de providenciar um novo fiador.

6) Assinei meu contrato com a garantia de fiança convencional, mas agora quero mudar para o Fundo garantidor, posso mudar?
Não. Depois da assinatura do contrato não pode ser feita a mudança do tipo de garantia.

7) Tranquei a matrícula  na faculdade, preciso comunicar ao MEC e ao agente financeiro?
Sim. Caso não vá aditar algum semestre é obrigatório fazer a suspensão do contrato no agente financeiro e no MEC.

8) Perdi o prazo do aditamento neste semestre, posso aditar os dois no próximo semestre?
Não. Terá de fazer a Suspensão do semestre não aditado para poder fazer o aditamento do semestre seguinte. O semestre não aditado, e que tenha sido cursado, terá de ser pago de forma integral para a IES.

9) A minha mensalidade aumentou e a renda do meu fiador não, tenho de providenciar mais um fiador?
Sim. Caso o fiador não tenha a renda de 2 (duas) vezes o valor da mensalidade é possível adicionar mais 1(um) fiador para complementar a renda do primeiro. Obs.: Caso você seja Bolsista  Parcial Prouni, é necessário que a renda do fiador(es) seja de 1(uma) vez o valor da mensalidade.

10) Já possuo dois fiadores e a renda deles agora é insuficiente para fazer o aditamento, posso acrescentar um terceiro fiador?
Não. O Fies permite no máximo 2(dois) fiadores.

11) Meu fiador agora está com restrição cadastral, preciso trocar de fiador?
Em termos. Caso seja possível regularizar a pendência dentro do prazo, ele pode continuar a ser o seu fiador, caso contrário você terá de mudar o fiador.

Mais informações sobre o Aditamento? Entre Aqui


Transferência

1) A transferência pode ser feita de forma parcial?
Não. A transferência só poderá ser feita de forma integral (todo o semestre) a partir do semestre posterior ao da Contratação ou do Aditamento.

2) Após fazer a transferência o que eu tenho de fazer?
Você terá de fazer o aditamento de renovação semestral, caso vá estudar, ou a suspensão do semestre, caso não vá estudar no semestre.
Atenção: Se fizer o aditamento ou suspensão do semestre, só poderá fazer a transferência no semestre seguinte.

3) Se o meu contrato possui a garantia do FGEDUC posso transferir para qualquer IES?
Sim. Desde que a IES não esteja suspensa do Fies, pois desde fevereiro de 2014, todas as IES são obrigadas a aderir ao FGEDUC. Quem não aderiu está suspensa do Fies.

4) Fiz um curso de licenciatura, posso transferir para outro curso que não seja de licenciatura?
Em termos. Caso  o tipo de garantia tenha sido o FGEDUC, ele só poderá se transferir para outro curso, que não de licenciatura, caso a renda familiar per capita apurada à época da inscrição tenha sido igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

5) Tenho Fies em um curso de licenciatura, se me transferir para um curso de outra área o percentual de financiamento pode ser diminuído?
Sim. Caso o comprometimento de renda familiar mensal bruta per capita apurado à época da inscrição não seja compatível com o percentual de financiamento contratado.

6) Posso fazer a transferência  durante o período de dilatação?
Sim, desde que a quantidade de semestres a cursar na IES de destino não ultrapasse o prazo máximo para dilatação.

7) O valor da mensalidade do curso de destino é maior do que o do curso atual, haverá algum problema?
Não. Para a transferência o valor da mensalidade do curso de destino pode ser maior ou menor, sem nenhum problema. Lembrando que: caso o valor aumente e o contrato tenha fiador, o(s) fiador(es) terá(ão) de ter duas vezes o valor da nova mensalidade com desconto.

8) Meu curso atual tem uma quantidade menor de semestres do que o que pretendo me transferir. É possível fazer a transferência?
Sim. Não haverá problema na transferência, porém caso precise, não poderá fazer dilatação do prazo ao final do prazo regular do novo curso.

9) A IES de destino é obrigada a aceitar a minha transferência?
Não. De acordo com a Cláusula décima sétima do contrato Fies, em seu parágrafo segundo: É facultado à IES de destino, aceitar o (a) FINANCIADO (A) na qualidade de beneficiário do FIES.

Mais informações sobre a transferência? Entre Aqui

Suspensão

1) Fiz o trancamento do meu curso na faculdade, preciso fazer a Suspensão?
Sim. É obrigatório fazer a Suspensão. A suspensão é feita online, sem a necessidade de ir ao banco.

2) Fiz o aditamento do semestre e pretendo agora fazer a suspensão deste mesmo semestre, é possível?
Sim. Porém a suspensão parcial só valerá a partir do mês seguinte ao da assinatura da Suspensão, devendo ser solicitada até o dia 15, de Janeiro a Maio e de Julho a Novembro. Por exemplo: se assinou em Maio ela só valerá a partir de Junho, por exemplo. Essa regra também vale para o semestre de contratação.

3) Estudei por alguns meses e passou do prazo de fazer o aditamento do semestre, como proceder neste caso?
Neste caso, você terá de fazer a Suspensão de todo o semestre. Mas lembre-se, nenhum valor será repassado à faculdade. Então você terá de arcar com o valor integral dos meses em que estudou.

4) Estou com o Fies suspenso, preciso pagar as parcelas trimestrais deste semestre?
Sim. As parcelas trimestrais tem relação com o valor já liberado, com a dívida, e independem de que o estudante esteja ou não estudando naquele semestre. É pago uma parte dos juros, limitado a no máximo, R$ 50,00.

5) Fiz a suspensão no semestre passado e quero retornar neste semestre, o que devo fazer?
Simplesmente faça a matrícula e peça para que a CPSA inicie o seu aditamento de renovação, depois valide o aditamento, que poderá ser Simplificado ou Não Simplificado.

Mais informações sobre a Suspensão? Entre Aqui

Fundo Garantidor(FGEDUC)

1) Todos os estudantes das faculdades que aderiram ao Fundo podem escolher esta opção?
Não. Somente os que atenderem a pelo menos uma dessas três opções:
- Ser estudante matriculado em curso de Licenciatura.
- Ser Bolsista Parcial do Prouni no mesmo curso em que pretende fazer o Fies.
- Ter a renda per capita familiar até um salário mínimo e meio ( Qualquer que seja o curso)

2) Quando fiz a contratação minha renda familiar era inferior a 1 salário mínimo e meio per capita, porém agora no aditamento ela é maior. Irei perder o direito ao FGEDUC e terei de arranjar um fiador?
Não. A renda familiar só é verificada pela CPSA no momento da inscrição. O tipo de garantia não pode ser modificado após a assinatura do contrato.

Mais informações sobre o Fundo Garantidor? Entre Aqui

Encerramento 

1) Quais as opções para o encerramento antecipado do Fies?

I  - liquidar o saldo devedor do financiamento no ato da assinatura do Termo de Encerramento;
Significa: Liquidar todo o saldo devedor, pagando de uma única vez, no ato da assinatura do termo de encerramento.

II - permanecer na fase de utilização do financiamento e cumprir as fases de carência e amortização de acordo com as condições pactuadas contratualmente;
Significa: Caso o estudante queira continuar o curso, sem o Fies, mas só pagar ao final do prazo previamente acordado no contrato original. Neste caso ele deverá levar a comprovação de matrícula no semestre atual. Poderá continuar  na mesma faculdade ou em outra. Após o final do prazo do curso ele terá 18 meses de carência e só depois começará a pagar o principal.

III - antecipar a fase de carência do financiamento e cumprir a fase de amortização de acordo com as condições pactuadas contratualmente;
Significa: Antecipar a fase de carência de 18 meses. Nesta opção o estudante terá carência de 18 meses antes de começar a pagar o principal. Durante a carência o estudante fica obrigado a pagar as parcelas trimestrais de juros.


IV  - antecipar a fase de amortização do financiamento e efetuar o pagamento das prestações de acordo com as condições pactuadas contratualmente.
Significa: Antecipar a fase de amortização, sem a carência de 18 meses, e já começar a pagar o principal. Nesta opção o estudante começa a pagar o Fies no mês seguinte, sem carência.

Mais informações sobre o Encerramento? Entre Aqui


*Devido a uma maior interatividade, as dúvidas  estão sendo esclarecidas  no grupo " Tudo sobre Fies" no Facebook: https://www.facebook.com/groups/503103603077760/
Ou no Twitter: https://twitter.com/FLAVIOCOLARES1
Para fazer o download gratuito das músicas deste blog e curtir minha página, entre no endereço abaixo:
https://www.facebook.com/pages/Flávio-Colares/363430400342476

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Seu Agente Financeiro (AF) tem até ...(data) para enviar os SisFIES o arquivo de contratação

Entre as mudanças que ocorreram no site neste ano, o Sisfies passou a gerar diversas mensagens, entre elas a seguinte mensagem : Seu Agente Financeiro (AF) tem até ...( e especifica uma data qualquer ) para enviar os SisFIES o arquivo de contratação".

O que isto significa?

Significa que este o prazo máximo previsto para o processamento.
Até a data especificada no Sisfies não há nada a fazer, a não ser acompanhar.
Caso ultrapasse a data e não seja processado, aí sim, você deve abrir uma demanda no FNDE.
Até lá somente acompanhe para ver se muda o status e verificar se aparece o semestre em questão no histórico do Sisfies.






*Devido a uma maior interatividade, as dúvidas  estão sendo esclarecidas  no grupo " Tudo sobre Fies" no Facebook: https://www.facebook.com/groups/503103603077760/
Ou no Twitter: https://twitter.com/FLAVIOCOLARES1
Para fazer o download gratuito das músicas deste blog e curtir minha página, entre no endereço abaixo:
https://www.facebook.com/pages/Flávio-Colares/363430400342476

quinta-feira, 2 de abril de 2015

O estudante agora fica sabendo sobre a disponibilidade de vaga para o seu curso

O MEC criou uma novidade no site que, ao que tudo indica, vai por fim ao martírio dos estudantes afetados pelo erro (M321) - O limite de financiamento disponibilizado para esta IES está esgotado.
Agora, ao tentar fazer a inscrição, o estudante terá de selecionar os dados da IES pretendida conforme a imagem abaixo :


Ao preencher os dados, se a faculdade ainda possui vagas será exibida a seguinte tela:

O estudante então apertará o botão: "Inscreva-se" para prosseguir com a inscrição.

Caso não haja vaga, o Sisfies apresentará a seguinte tela:

Se não houver vaga, pelo menos agora o estudante será informado, de forma clara, sobre essa indisponibilidade,



*Devido a uma maior interatividade, as dúvidas  estão sendo esclarecidas  no grupo " Tudo sobre Fies" no Facebook: https://www.facebook.com/groups/503103603077760/
Ou no Twitter: https://twitter.com/FLAVIOCOLARES1
Para fazer o download gratuito das músicas deste blog e curtir minha página, entre no endereço abaixo:
https://www.facebook.com/pages/Flávio-Colares/363430400342476

domingo, 15 de março de 2015

Erro (M321) - No momento não há disponibilidade de financiamento na IES/Local de Oferta selecionado

Um dos maiores problemas enfrentados pelo estudante, ao tentar finalizar a inscrição do Fies ,são as mensagens de erro do sistema. Muitos desses erros acontecem até em função de problemas no próprio site. 
Um dos erros que mais tem afligido os estudantes é o M321:
(M321) - No momento não há disponibilidade de financiamento na IES/Local de Oferta selecionado.

Esse erro impede a continuidade da inscrição, tornando impossível sua conclusão.

Segundo informações colhidas pelo site G1, em consulta ao FNDE, esse erro quer dizer o seguinte : 

"De acordo com as novas regras do Fies, há critérios estabelecidos para o atendimento de pedidos de contrato, de acordo com a avaliação do curso. Cursos que têm nota 5 no Conceito de Curso (CC) mais recente – ou Conceito Preliminar de Curso (CPC) mais recente, caso o curso não tenha CC – podem ter atendimento pleno no Fies. Isso quer dizer que todos os pedidos de contrato de financiamento deste curso serão atendidos.
Porém, cursos com nota 4 ou 3 no CC ou no CPC não terão atendimento pleno. O FNDE não detalhou as proporções de atendimento nestes casos. Dentro dessa taxa de atendimento, ainda é levada em consideração a localidade do curso. Por exemplo, um curso com nota 4 no Nordeste terá uma taxa de atendimento mais alta que um curso com nota 4 no Sudeste, onde já há uma maior concentração de contratos do Fies.
Cursos com nota 1 e 2 não são atendidos pelo Fies, mas esta regra já valia nos anos anteriores.
Os estudantes que receberem essa mensagem de erro possivelmente não poderão conseguir um contrato do Fies no primeiro semestre letivo. É possível, porém, confirmar a situação do curso pelo telefone 0800-616161."

Contudo já houve relatos de que após algumas tentativas, e em horários onde o site está menos congestionado, o estudante conseguiu concluir a inscrição.



*Devido a uma maior interatividade, as dúvidas  estão sendo esclarecidas  no grupo " Tudo sobre Fies" no Facebook: https://www.facebook.com/groups/503103603077760/
Ou no Twitter: https://twitter.com/FLAVIOCOLARES1
Para fazer o download gratuito das músicas deste blog e curtir minha página, entre no endereço abaixo:
https://www.facebook.com/pages/Flávio-Colares/363430400342476

domingo, 1 de março de 2015

O que é limite de crédito global?

Limite de crédito global é o valor máximo de  crédito que o estudante terá direito durante todo o curso.
Esse valor é definido levando em conta o valor financiado no semestre de contratação, multiplicado pela quantidade de semestres restantes até a conclusão do curso acrescido  de 25 % para suprir possíveis aumentos de mensalidades até o final do curso.
Os valores financiados a cada semestre  serão deduzidos  do limite de crédito global.

Exemplo para um curso de 10 semestres, em que o estudante começa a estudar com o Fies desde o início.
Semestralidade inicial =  10.000,00
Valor total do curso    = 100.000,00(valor da semestralidade multiplicado por 10)
Acréscimo de 25%     =   25.000,00(valor para suprir possíveis aumentos de mensalidades)
Valor do limite global =125.000,00( valor total da semestralidade do curso acrescido de 25%)

E caso o limite global não seja suficiente?
Neste caso ao fazer o aditamento de renovação ou a dilação do prazo do curso, o estudante terá de fazer uma solicitação formal ao agente operador, no caso o FNDE, mediante assinatura de termo aditivo.

Neste caso ficará o  aumento do limite ficará a critério do FNDE, que poderá ou  não autorizar.


*Devido a uma maior interatividade, as dúvidas  estão sendo esclarecidas  no grupo " Tudo sobre Fies" no Facebook: https://www.facebook.com/groups/503103603077760/
Ou no Twitter: https://twitter.com/FLAVIOCOLARES1
Para fazer o download gratuito das músicas deste blog e curtir minha página, entre no endereço abaixo:
https://www.facebook.com/pages/Flávio-Colares/363430400342476

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Erro 511- O valor da semestralidade informado é superior ao valor máximo passível de financiamento. Verifique junto á CPSA.

 Muitos estudantes ao fazer a inscrição tem se deparado com o seguinte aviso:
Esse erro não inviabiliza a inscrição, por isso gera a mensagem (M002)- Registro Salvo com Sucesso!

O estudante consegue prosseguir a inscrição e concluí-la.
No final, ao gerar o Comprovante de Inscrição, a mesma mensagem é gerada no comprovante.

Segundo informações colhidas pelo Blog Tudo Sobre Fies, esse erro tem relação com o valor máximo de reajuste da mensalidade do Fies autorizado pelo MEC, 6,41%.
Em algumas IES(Instituição de Ensino Superior) a CPSA (Comissão Permanente de Seleção e Acompanhamento) consegue validar a inscrição sem alterar nenhum valor. Em outras não.

Quando não é possível validar, se a CPSA reabrir a inscrição e o valor da mensalidade for corrigido e ficar dentro do reajuste autorizado, a mensagem desaparece; Então a CPSA consegue validar a inscrição e o DRI( Documento de Regularidade de Inscrição) é liberado para  que o estudante pode ir ao banco fazer a contratação.



terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Mensagens de erro e problemas no site Sisfies do MEC na inscrição do Fies

Como era esperado o site do Fies, o Sisfies, está apresentando um grande número de erros. A grande maioria em função da quantidade de acessos simultâneos, o que sobrecarrega o site.
O ideal seria a área de tecnologia do MEC disponibilizar mais servidores, para assim permitir  um maior número de acessos.
Enquanto isso não acontece vão continuar ocorrendo erros e quedas de página.

 Abaixo listamos alguns dos erros mais comuns relatados pelos estudantes:

-Erro na aplicação. Ocorreu um erro no sistema, por favor, tente novamente.

-M001) - Erro ao salvar registro. Tente novamente.

- Aviso ( sem que não nada escrito abaixo do aviso)

-Erro 004 codigo de verificação de imagem não confere

-(081) - O número de telefone deve possuir no mínimo 11 caracteres, (99) 99999-9999


Entretanto o erro abaixo  pode ser que não seja em função de problema de congestionamento do site:
-(511)- O valor da semestralidade informado é superior ao valor máximo passível de financiamento. Verifique junto à CPSA

Em relação a esse erro, que não impede que o estudantes finalize a inscrição.  Será que quando a CPSA for validar a inscrição do estudante será permitido  fazer a validação?
Será que esse erro tem relação com o aumento máximo de 6,41% na mensalidade em relação ao semestre anterior?

Saberemos em breve, quando as CPSAs forem validar...


*Devido a uma maior interatividade, as dúvidas  estão sendo esclarecidas  no grupo " Tudo sobre Fies" no Facebook: https://www.facebook.com/groups/503103603077760/
Ou no Twitter: https://twitter.com/FLAVIOCOLARES1
Para fazer o download gratuito das músicas deste blog e curtir minha página, entre no endereço abaixo:
https://www.facebook.com/pages/Flávio-Colares/363430400342476

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Regulamentada a inscrição do Fies referente ao 1º semestre de 2015

Regulamentada, de acordo com a portaria nº2, conforme abaixo, as condições para inscrição do Fies referente ao 1º semestre de 2015.
Atenção para o artigo 2º: O agente operador do Fies utilizará indicadores de desempenho e de qualidade de instituição de ensino superior aderentes ao Programa para fins de concessão do financiamento, mediante a implementação de mecanismos específicos no Sisfies.
O que isso quer dizer? Ao que tudo indica, IES e cursos com desempenho insuficiente não irão participar do processo.

O artigo 4º desta portaria, indica que o parcelamento referente ao repasse de, no máximo, 8 mensalidades a cada ano para as IES com mais de 20 mil estudantes, só valerá para este ano.


Ministério da Educação.
GABINETE DO MINISTRO
PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015
Dispõe sobre o prazo de inscrição ao Fundo de Financiamento Estudantil - Fies referente
ao primeiro semestre de 2015.
O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição Federal, e tendo em vista o disposto na Lei no 10.260, de
12 de julho de 2001, resolve:
Art. 1º A inscrição no Fies para o primeiro semestre de 2015 será efetuada exclusivamente pela internet, no período de 23 de fevereiro a 30 de abril de 2015, por meio do Sistema Informatizado do
Fies (Sisfies), disponível nas páginas eletrônicas do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE.
Art. 2º O agente operador do Fies utilizará indicadores de desempenho e de qualidade de instituição de ensino superior aderentes ao Programa para fins de concessão do financiamento, mediante a implementação de mecanismos específicos no Sisfies.
Art. 3º Não se aplica ao processo de inscrição ao FIES referente ao primeiro semestre de 2015 qualquer dispositivo normativo em conflito com a presente Portaria.
Art. 4º O art. 33 da Portaria Normativa MEC nº 15, de 8 de julho de 2011, com a redação dada pela Portaria Normativa MEC nº 23, de 26 de dezembro de 2014, aplica-se somente ao exercício de
2015.
Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
CID FERREIRA GOMES


*Devido a uma maior interatividade, as dúvidas  estão sendo esclarecidas  no grupo " Tudo sobre Fies" no Facebook: https://www.facebook.com/groups/503103603077760/
Ou no Twitter: https://twitter.com/FLAVIOCOLARES1
Para fazer o download gratuito das músicas deste blog e curtir minha página, entre no endereço abaixo:
https://www.facebook.com/pages/Flávio-Colares/363430400342476